terça-feira, 8 de abril de 2008

Cabelos em queda-livre...



Desconfortável para os homens, a queda de cabelo nas mulheres ganha ares de tragédia. Ponto mais que importante do visual, perdê-lo, em pequenas ou grandes quantidades, assusta mesmo!(não desejo isso a ninguém!!!)



Segundo levantamento médico recente, 50% da mulheres que procuram um dermatologista reclamam de perda acentuada dos fios. “Antes de qualquer tratamento, temos que considerar a queda natural”, explica o tricologista (especialista em cabelo) Valcinir Bedin, de São Paulo (SP). (Mas vai tentar explicar isso...)



O tempo de vida de um fio é de aproximadamente quatro anos; após esse período, ele cai, dando lugar a um novo. “Caso não haja predisposição genética e a queda seja contínua, devemos procurar pelas causas internas e externas”, conclui o especialista. (procure um médico!Esqueça o conselho da sua vizinha invejosa!Ela quer mais é que seu cabelo vá para o ralo!)



Por que, afinal, o cabelo cai? Além da herança genética e doenças específicas do couro cabeludo, como dermatite seborréica, fungos e micoses, outros fatores — que não parecem relacionados — podem desencadear o problema. (sífilis e lupus podem ocasionar queda de cabelo... não se assuste caso seu médico peça esses exames...)



• Dança dos hormônios: a tireóide é uma glândula produtora de hormônios, responsáveis pelo equilíbrio do metabolismo. Assim, tanto o hipertiroidismo (produção maior de hormônios) quanto o hipotiroidismo (produção menor), ambos provocados por disfunções orgânicas, modificam o ciclo capilar reduzindo os fios. Já a glândula supra-renal e os ovários são responsáveis pelos hormônios sexuais. Sempre que sofrem algum distúrbio, o cabelo cai. “Unhas e cabelo são chamados anexos da pele. Quando o organismo percebe algum problema, economiza energia para uma situação de emergência. Um dos recursos é parar de alimentar os anexos. Por isso, eles caem”, explica Valcinir. (ou seja seu cabelo não é fresco, ele é inteligente!Mas eu já entendi, você preferia ter um cabelo burro, porém "que estivesse lá")



• Ferro em baixa: no exame de sangue, as taxas de referência valem apenas para detectar anemia ou doença infecciosa. Mas não servem para sabermos se o ferro é suficiente para o crescimento dos fios. Muitas vezes, as quantidades estão normais para um exame clínico, mas baixas para manter cabelos fortes e volumosos. Assim, não basta um exame laboratorial simples. Deve-se medir a dosagem do ferro sérico e da ferritina. (quem tem grandes perdas menstruais deve abrir o olho!!!Vegetarianos idem!!!Sabiam que a carne tem muito mais ferro do que o feijão?Se a sua ferritina não estiver em torno de 70, corra para uma farmácia ou uma churrascaria...)

• Aceleração máxima: quando enfrentamos uma situação de medo, angústia, pressão, o nosso organismo entra em estado de alerta e desencadeia uma rede de reações. O cérebro passa a produzir cortisol em grande quantidade, ficando mais ligado. Dado o alarme, o corpo economiza energia, mandando-a apenas para as atividades orgânicas vitais. Por isso, novamente os anexos são desprezados e os fios começam a cair. (solução: viajar urgentemente para desestressar...mas só resolve a queda de cabelo se a pessoa viajar para um lugar "bom", Iguaba não vale. Nada contra Iguaba.)

FONTE: Revista Boa Forma (o que está em vermelho é obra minha...)

Mini-dicas Finais: Se o seu cabelo está caindo, a primeira providência é marcar uma consulta com seu médico. Somente ele, após o exame físico, a anamnese e alguns exames de laboratório poderá indicar o melhor tratamento para o seu caso. Existe uma infinidade de remédios, vitaminas, cosméticos e tratamentos que DÃO RESULTADO. Tenha paciência, pois geralmente em menos de três meses você sentirá pouca melhora.

11 comentários:

Izabela disse...

Luciana, seu blog é um pérola! Descobri pelo da Anne, e achei sensacional! Vou virar leitora de carteirinha! Parabéns, vc é super atualizada e consegu passar excelentes dicas! Bjo

Beatriz disse...

Olá, tudo bem?
Sou repórter do jornal O Dia e estou fazendo uma matéria de capa para o Caderno D Mulher, de sábado, sobre blogueiras que dão dicas de maquiagem. Queria muito o seu contato para batermos um papo. Você pode me passar por e-mail? Seria ótimo!
Aguardo seu retorno,
beijo
Beatriz Mota (beatrizmota@gmail.com ou beatriz.mota@odianet.com.br)

Anônimo disse...

Oi Lu, é a Mari, em um post anterior fiquei sabendo que vc fez cirurgia de nariz, que inclusive foi seu irmão quem fez, se eu não me engano vc é do rio, gostaria muito de fazer tb, só que sou de sp, por aqui não conheço ninguém que tenha feito pra ter referências, tenho um pouco de medo de fazer, o seu irmão tb é do rio? ficou perfeito o seu nariz parabéns, aguardo uma resposta. Ahhhh, será que fica em torno de R$10.000,00, Beijos

Mari disse...

Ahhh, fiz um comentário, sobre o ebay no dia anterior, quando vi já tinha digitado,,,,by

Luciana Chichierchio disse...

Oi,Mari!!!
Que bom que você está gostando do blog!!!No início,ninguem me deixava muitos recadinhos e eu me sentia péssima!!!
Com relação à cirurgia de nariz,dou o maior apoio!!!E te digo mais:não fiquei sufocada no pós operatório!Agora eles só colocam aquela gaze em quem faz desvio de septo,o que não era o meu caso...Meu irmão me disse que uma cirurgia dessas no Rio sai em torno de 8.000,00 incluindo toda a equipe (auxiliares,anestesista,instrumentadora,clínico,etc).Claro que isso varia de acordo com o cirurgião...o segredo é procurar um médico que já tenha feito em alguém e você tenha achado bonito o resultado.Aí em São Paulo,o que não falta é cirurgião renomado,entre eles:Dr.José Tariki, Dr.João de Moraes Prado Neto, Dr.Carlos Alberto Komatsu,e o Dr.Eugênio Gonzales Cação.
Não senti dor no pós operatório, mas tirar o gêsso do nariz após 1 semana doeu muito (mas levou 1 minuto, verdade seja dita).
Me dê notícias da sua decisão!!!!
Tem mais alguma dúvida???
Beijos!

Luciana Chichierchio disse...

Izabela,
Obrigada pelos elogios!
Vou te contar um segredo: se algum dia eu tiver a sorte de ter uma filha,seu nome será o mesmo que o dela!Acho lindo esse nome de rainha!
Volte sempre!!!
Beijos!

Anny disse...

Luciana:
Que bom que consegui mais comentaristas para o seu blog. Fico feliz. Sabe, preciso te perguntar uma coisinha. O que usar para acabar com as caspas. A minha dermatologista diz que não é tireóide. Sugeri que pedisse para saber se a quantidade de ferro estava insuficiente, nem me ouviu. Preciso fazer alguma coisa. Pode me ajudar?
Beijos.
Bom fim de semana.

Bruxinha disse...

Muito bom o blog...achei no google jogando a expressao q mais tem me atormentado esses tempos: queda de cabelo... :( tenho problemas de tireóide, mas os níveis estao normais e a queda continua...a derma passou exame de ferritina e deu 38..será por isso? o que fazer pra aumentar os níveis? obrigada pela atençao, flor

Anônimo disse...

Amei seu blog!!!Já virei fã!!
Sobre a queda de cabelo,o q fazer qndo vc vai ao médico,toma as vitaminas,faz tratamento cosmético e o cabelo continua caindo??Esta é minha situação...tô desesperada já!!Gostaria muito de alguma dica!
Bju grande!!

dani disse...

Oi Lu, tudo bem? Você conhece um bom médico aqui em São Paulo "especialista" em cabelo?

Um beijão e obrigada,

Dani Scalon.

dani disse...

E outra coisa: É normal que o cabelo caia mais em algumas épocas do ano? Há alguma variação na queda por outras influências?

Um beijo e obrigada,

Dani Scalon.

Quem somos nós:

Minha foto
minhapele@ig.com.br, Rio de Janeiro, Brazil
Uma médica que ama dermatologia, medicina estética, e principalmente, ADORA o que faz. Um cirurgião plástico apaixonado pela profissão.

Siga "Minha Pele" no seu e-mail...

Acompanham este blog:

Onde você está???